Consórcio ou financiamento? Descubra a melhor forma de comprar o seu carro

Além de ser uma solução prática de mobilidade urbana, o automóvel faz parte do patrimônio para seus proprietários e traz conforto. Por conta disso, o momento de adquirir esse bem, seja por meio de consórcio, seja via financiamento de carros, é tão aguardado e sonhado por muitos.

Se você anda pensando em comprar um primeiro carro ou trocar o seu, provavelmente já deve ter se perguntado sobre a melhor forma de fazê-lo. Como o pagamento à vista normalmente é uma possibilidade bem distante para a maioria dos brasileiros, restam 2 opções realmente viáveis: consórcio ou financiamento.

Neste artigo, vamos detalhar o funcionamento dessas modalidades de pagamento, mostrando as vantagens de cada uma para que você consiga decidir a melhor opção para o seu bolso. Continue a leitura! 

O que é financiamento?  

O financiamento é uma modalidade de empréstimo normalmente oferecida por um banco ou por uma financiadora.

Diferentemente dos empréstimos convencionais, o financiamento tem mais parcelas, permitindo que o comprador dilua o pagamento durante vários anos. Outra diferença é que o financiamento só é aprovado para um objetivo específico.

Como em todo empréstimo, o banco ou a financiadora lucra por meio do pagamento de juros. Para a liberação do crédito é necessário cumprir uma série de requisitos, como renda, pagamento de taxas e em alguns casos uma entrada que em média custa 30% do valor. 

O que é consórcio? 

No consórcio, várias pessoas se unem para saldar um bem por meio de uma pequena contribuição de cada um e da intermediação de uma instituição.

Para a imagem ficar clara, vamos usar o seguinte exemplo: digamos que uma pessoa sozinha não possa comprar, à vista, um carro de 30 mil reais. No entanto, se ela encontrar outras 9 pessoas e cada uma contribuir com 3 mil reais mensais, um carro com esse valor pode ser comprado a cada mês.

Assim, cada um desses consorciados mantém sua contribuição durante 10 meses de forma que, a cada mês, um novo carro é comprado e destinado aos consorciados via sorteio. E o melhor é que tudo isso é sem juros, já que o carro será comprado à vista!

Quais as vantagens do financiamento? 

O financiamento é uma opção bastante popular entre os brasileiros por ser de fácil acesso e trazer algumas vantagens interessantes, entre elas podemos citar: 

  • Imediatismo: caso atenda todas as exigências do banco, antes mesmo de começar a pagar as parcelas, já terá o automóvel à disposição.
  • Negociação: se você tiver um bom dinheiro para investir de imediato os juros serão menores. Quanto maior for sua entrada, menor ficam as parcelas. 
  • Abatimento: é possível quitar mais de uma parcela em um mesmo mês, preferencialmente se for dos últimos, o que diminuiu os juros. 

Quais as vantagens do consórcio? 

O consórcio de carros apresenta uma série de vantagens. Destacamos algumas que podem chamar sua atenção:

  • Ausência de entrada: ao contrário da situação do financiamento, no consórcio, não é preciso entrar com um grande montante de dinheiro para conseguir a liberação do crédito.
  • Juros zero: como já dito na nossa explicação sobre o consórcio, essa modalidade não conta com a cobrança de juros. 
  • Possibilidade de contemplação: nessa modalidade, são realizados sorteios mensais em que cada consorciado tem a chance de ser contemplado. Além disso, em alguns casos, é possível aumentar sua chance de ser contemplado por meio de lances.
  • Carta de crédito: Quando a contemplação ocorre, o consorciado recebe uma carta de crédito e garante um poder de compra para adquirir o bem desejado.
  • Controle financeiro: a ausência dos juros faz com que as prestações do consórcio sejam mais previsíveis. Com isso, existe uma menor possibilidade de a dívida crescer. 

Então, qual é o melhor? 

 

Para saber essa resposta é muito importante usarmos a matemática. Ao fazer um financiamento, você aceita pagar a taxa de juros cobrada pelo banco escolhido, as taxas e tarifas bancárias, além do IOF, nas condições estabelecidas pela instituição.

Se você não conta com um bom valor disponível para dar de entrada no financiamento, o total da sua compra tende a ser bem maior. Algumas vezes, o valor pago pode chegar quase ao dobro daquilo que foi tomado em empréstimo.

O melhor é fazer várias simulações com financiadoras e concessionárias e colocar todos os valores direitinho na ponta do lápis, inclusive os gastos mensais que o carro necessita para se manter funcionando e bem conservado — como combustível e manutenção. 

Optando pelo consórcio, além de ter um gasto total menor, você ainda tem um pouco mais de tempo para se preparar para essas despesas extras, já que pode não ter o veículo imediatamente.

Você ainda pode optar pela oferta de um lance, caso tenha a quantia disponível. Nesse caso, saindo vencedor, não vai precisar esperar muito tempo para ter seu veículo em mãos.

Como escolher um bom consórcio de carros? 

Caso você decida pelo consórcio, é preciso pensar em alguns detalhes. Mesmo essa sendo uma opção vantajosa, é preciso se preocupar com a escolha do melhor consórcio de carros. 

 

Isso porque as condições mudam de administradora para administradora. E nem todas são confiáveis — como em qualquer negócio, você tem que conhecer a outra parte, certo?

 

Por isso a Delta conta com um simulador de consórcio, que trará toda a segurança e planejamento que você precisa para tomar uma decisão. Faça agora o seu e aproveite todas as vantagens! 

Saiba mais em: https://materiais.deltafiat.com.br/consorcio-delta-fiat

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.