8 sinais que mostram que chegou a hora de trocar de carro

Você sabe qual é o momento certo para trocar de carro? Essa é uma dúvida muito comum entre os motoristas. Afinal, quando você estará fazendo um bom negócio e quando essa troca pode representar um prejuízo?

Trocar de carro

Primeiramente é importante ressaltar que não existe um prazo fixo. Existem alguns indicativos que podem auxiliá-lo a encontrar o momento certo para realizar essa troca.

Para ajudá-lo nessa missão separamos algumas dicas de alguns sinais que podem indicar que chegou a hora de trocar de carro. Continue a leitura e descubra!

1. Gastos com manutenção

Este é com certeza um dos itens de maior influência para os motoristas no momento de decidir que é a hora de trocar de carro. Os valores tendem a aumentar consideravelmente na medida em que o veículo vai ficando “mais velho”.

Uma boa avaliação a ser feita para verificar quando trocar de carro é fazer uma conta em relação ao gasto anual feito com a manutenção do veículo.

Especialistas indicam que, se este número estiver ultrapassando 10% do valor de tabela do carro, isso já significa que é o momento de trocar de carro, pois ele já está significando um prejuízo para o proprietário.

Dica: acesse a tabela FIPE para verificar o valor tabelado do seu veículo.

2. Quilometragem do veículo

Como dissemos anteriormente o custo de manutenção aumenta quando a quilometragem do veículo é mais avançada. Normalmente a partir de 50 mil quilômetros a revisão do carro passa a ser mais cara que o normal.

Mas, por que? Isso acontece pois, naturalmente, este veículo irá demandar troca e manutenção de peças mais complexas, como da correia dentada e os amortecedores, por exemplo.

3. Desvalorização de veículo

Especialistas do setor automotivo indicam que um veículo sofre uma desvalorização de cerca de 10% logo no seu primeiro ano de vida. Esta porcentagem continua no segundo ano do veículo. Porém, quando o veículo chega aos três anos de uso, sua desvalorização tende a ser menor e se mantém mais estável a partir disso.

O que podemos concluir dessas informações é que optar por vender ou trocar de carro nos dois primeiros anos de compra não é um bom negócio do ponto de vista financeiro. O mais indicado é que você continue com o veículo por pelo menos três anos para obter um bom negócio.

Por outro lado, quem optar pela compra de um veículo usado, este período de três anos de uso é o mais indicado para usar como guia na escolha do modelo ideal. São os chamados veículos seminovos.

Confira as opções de veículos seminovos na Delta Fiat de diversas marcas e modelos.

4. Ciclo de vida do veículo

Entende-se por ciclo de vida o período em que o carro costuma sofrer atualizações. Na maioria dos casos, os carros têm um ciclo de vida de 5 anos.

Se o modelo do seu veículo passar por uma grande reestilização, isso pode indicar que é um bom momento para trocar de carro e comprar um novo. Com essa nova atualização que chegará no mercado, o seu modelo passará por uma desvalorização considerável, além do previsto que indicamos acima.

Por isso, fique atento às novidades do setor automotivo antes de decidir quando trocar de carro.

5. Financiamento do veículo

A grande maioria dos brasileiros opta pelo financiamento para comprar o seu automóvel. Uma informação que deve ser analisada para realizá-lo é verificar a taxa de juros que está sendo oferecido para a negociação. Uma vez que ela tende a variar bastante é fundamental avaliar o momento certo para fechar o contrato.

Uma das variáveis que faz com que essa taxa caia consideravelmente é o momento em que um contrato é finalizado. Ou seja, vamos supor que você tenha acabado de quitar o seu carro atual, logo, muito provavelmente as taxas de juros que serão oferecidas para você realizar uma nova compra serão bastante reduzidas.

Essa informação pode significar um excelente momento para trocar de carro e investir em um veículo zero.

6. Manutenções constantes

Se você está fazendo constantes reparos no carro, esse é um indício claro de que é um bom momento para trocá-lo e investir em um carro zero. Principalmente se essas falhas estiverem atrapalhando de alguma forma o rendimento do veículo e colocando em risco a sua segurança e de outras pessoas no trânsito.  

7. Avaliar a sua necessidade de uso

Alguns fatores podem influenciar para a conclusão de que é o momento certo para trocar de carro. Como por exemplo, se a família estiver aumentando, é bem provável que você precise de um veículo maior e mais confortável.

Ou se você mudar para uma área mais rural, talvez seja melhor comprar um carro específico e que vá performar melhor nessas condições.

8. Valor do seguro

Um dos fatores que pode influenciar na decisão do momento certo para trocar de carro é o valor pago pelo seguro.

Na medida em que o carro vai tendo mais tempo de uso este preço fica cada vez mais alto. O motivo para esse aumento é justamente devido ao crescimento da dificuldade na manutenção, assim como na busca por peças específicas de reposição do modelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *