Como carregar carro elétrico? Veja as opções e principais custos

Você tem curiosidade em saber como carregar carro elétrico? Essa é uma dúvida comum entre as pessoas que se interessam por essa modalidade de veículo que emite menos poluentes do que os modelos convencionais movidos a combustão.

Pensando nisso, preparamos este artigo respondendo essa dúvida e outras relacionadas. Continue a leitura e tenha acesso as seguintes informações:

  • O que são carros elétricos?
  • Como carregar carro elétrico?
  • Qual é o tempo de recarga de um carro elétrico? 
  • Custos e economia proporcionada por um carro elétrico 
  • 500e: o carro elétrico da Fiat

O que são carros elétricos?  

Carros elétricos são modelos que funcionam de forma 100% elétrica. Sua energia fica armazenada em baterias, que geralmente são fabricadas com íons de lítio.

Sendo assim, o combustível necessário para mover esse tipo de veículo é apenas a energia elétrica.

Apesar desses modelos representarem apenas cerca de 0,05% da frota de veículos atuais no país, a expectativa é de que novos carros elétricos sejam lançados por aqui nos próximos anos.

Entre os principais motivos para o incentivo da comercialização desses veículos estão as vantagens ecológicas proporcionadas, principalmente quando comparado com os modelos tradicionais.

Como carregar carro elétrico?

Para carregar um carro elétrico basta conectar um cabo no veículo e ligá-lo em alguma tomada. 

Em geral, esta modalidade de veículo roda cerca de 300 a 400 km antes de precisar de uma nova recarga, o que lhe confere uma razoável autonomia.

Listamos abaixo algumas das opções mais comuns de como carregar carros elétricos. Veja!

1. Locais públicos 

carregamento de carro elétrico

São pontos de recarga que geralmente são construídos em locais públicos como shoppings, supermercados e postos de combustíveis. 

O carregamento é gratuito, uma vez que é proibido por lei cobrar qualquer taxa ou tarifa pelo uso de energia elétrica em locais públicos.

Mas, antes de levar seu carro elétrico a um desses locais é importante verificar qual a compatibilidade com o plugue do seu veículo. Isso porque atualmente existem três padrões principais de entrada: norte-americano, europeu e japonês.

Logo, você deve identificar qual é o modelo do seu veículo e pesquisar quais locais possuem o plugue adequado.

2. Carregamento em casa 

Sim, é possível carregar carro elétrico em casa. Ele pode ser carregado em tomadas de 110V, 220V e também com um equipamento conhecido como walbox. 

O wallbox nada mais é do que um carregador que é disponibilizado pela montadora. Esse modelo proporciona uma carga mais rápida do que as tomadas convencionais.

Eles devem ser instalados em alguma parede ou em totens. Tem capacidade de fornecer até 32 amperes de corrente máxima, sendo capaz de produzir média de 13.200W.

Contudo, este aparelho só funciona com uma tomada trifásica e as redes domésticas, em geral, são monofásicas ou bifásicas. Nesse caso, o proprietário do veículo elétrico teria que realizar uma obra em sua residência para adequar o sistema elétrico a essa necessidade.

3. Carregador emergencial

São equipamentos pequenos e fáceis de serem transportados dentro do próprio veículo. Contudo, eles demandam um tempo de carga maior, já que possuem potência máxima de 2kW, podendo levar entre 20h a 40h para carregar totalmente uma bateria de 40kW.

Qual é o tempo de recarga de um carro elétrico? 

Existem algumas variáveis que influenciam no tempo de carga do carro elétrico, como a potência do carregador e do conversor do veículo, além do tamanho da bateria.

Mas o tempo médio nos principais pontos de carregamento para um carro elétrico com bateria de 40 kWh é de:

  • Redes domésticas: cerca de 5 a 8 horas para a carga total;
  • Wallbox: entre 1 a 2 horas;
  • Estações de carga rápida: cerca de uma hora.

Custos e economia proporcionada por um carro elétrico 

Primeiramente, é importante deixar claro que um veículo elétrico possui um valor mais elevado do que os modelos tradicionais. Contudo, ele pode compensar financeiramente a longo prazo pela economia proporcionada com gastos com combustível.

Isto é, modelos elétricos não necessitam de abastecimento com gasolina ou etanol. Logo, você não terá esse gasto e será necessário apenas arcar com um valor a mais na conta de luz.

Um estudo realizado pelo site Luz Solar evidenciou que ao rodar cerca de 150km por dia com um carro elétrico, o motorista terá um gasto de R$370,50 mensais. Isso representa quase 80% a menos do que ele pagaria com gasolina no mesmo período. 

– Leia também: 10 dicas para economizar combustível

Carros econômicos: conheça 5 modelos Fiat

500e: o carro elétrico da Fiat

Recentemente, a Fiat lançou no Brasil seu primeiro carro elétrico, o 500e

O modelo compacto possui motor elétrico dianteiro de 87 kW, que proporciona até 118 cv de potência e 22,4 mkgf de torque.

fiat-500e

Carregar o Fiat 500e é muito fácil, seja com a versatilidade do carregador portátil, nas estações de recarga ou com carregadores super rápidos (até 85 kW), que carregam até 80% da bateria em apenas 35 minutos.

Além do lançamento do modelo, a Fiat anunciou também que vai aumentar os postos de recarga no Brasil. Segundo comunicado da montadora, 23 cidades em 10 estados receberão postos de recarga em locais públicos. 

Gostou do artigo? A Delta Fiat é uma concessionária Fiat em Juiz de Fora com mais de 25 anos de experiência. Confira outros assuntos no nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.