Gasolina aditivada ou comum? Diferenças e melhor opção para seu veículo

“Afinal, qual é a melhor opção: gasolina aditivada ou comum?” Essa é uma das dúvidas mais frequentes entre os motoristas, que buscam descobrir como essa escolha pode influenciar em aspectos como economia de combustível e performance do veículo.

Pensando nisso, preparamos esse artigo para esclarecer algumas das principais questões acerca dos diferentes tipos de gasolina. Continue lendo e tenha acesso as seguintes informações:

  • Qual a diferença entre gasolina comum e aditivada?
  • A gasolina aditivada melhora a performance do veículo? 
  • O tipo de gasolina influencia no gasto com combustível?
  • Qual a melhor opção: gasolina comum ou aditivada?

Qual a diferença entre gasolina comum e aditivada?

Antes de falar sobre as diferenças entre ambos tipos de gasolina, precisamos destacar aquilo que lhes são semelhantes. Por exemplo, ambas contam com a mesma taxa de octanagem de 93, mínimo nível exigido pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Essa taxa indica a capacidade do combustível de resistir a altas temperaturas e pressões na câmara de combustão do motor antes de detonar. Portanto, quanto maior for a octanagem, maior será a resistência à denotação e, consequentemente, melhor será o desempenho do automóvel.

Agora vamos à principal diferença entre a gasolina comum e a aditivada: a adição de aditivos que uma delas possui e a outra não. 

Isto é, a gasolina aditivada possui dispersantes químicos como o detergente, que têm como função a realização de uma limpeza dos resíduos gerados pelo combustível dentro do motor.

Conheça também a gasolina premium

Além da gasolina comum e da aditivada, há também uma opção premium disponível no mercado. Ela conta com uma octanagem mínima de 97 unidades, logo, ela proporciona um melhor desempenho para o veículo.

No entanto, a gasolina premium é indicada apenas para modelos esportivos de alta potência. 

A gasolina aditivada melhora a performance do veículo? 

Não, esse tipo de combustível se distingue da comum apenas por suas características de limpeza, não tendo nenhuma influência no desempenho do veículo.

A única gasolina que apresentará benefícios nesse sentido é a gasolina premium.

O tipo de gasolina influencia no gasto com combustível?

Você deve estar se perguntando qual das duas opções de gasolina rende melhor, certo? A verdade é que ambas apresentam o mesmo rendimento, contudo, suas características podem influenciar nos gastos com combustível a longo prazo.

O uso frequente da gasolina comum pode gerar a perda de eficiência do carro, o que acarretaria em consumo mais elevado de combustível.

Isso acontece porque a gasolina comum deixa resíduos no interior da câmara de combustível, que são espécies de goma. Com o tempo, esse acúmulo de goma pode dificultar a mistura da gasolina com o ar, provocando uma combustão irregular, o que aumentaria o consumo de combustível.

No caso da gasolina aditivada isso é evitado, uma vez que seus componentes mantêm o interior limpo.

– Leia também: 10 dicas para economizar combustível

Carros econômicos: conheça 5 modelos Fiat

Qual a melhor opção: gasolina comum ou aditivada?

Essa resposta depende de uma série de fatores e de algumas circunstâncias. Por exemplo, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) indica o uso de tipos diferentes para cidade e para a estrada.

Segundo a ANP, dentro da cidade, onde há trânsito de veículos e o tráfego é mais lento, o mais recomendado é o uso da gasolina aditivada. Agora, em estradas, onde a velocidade é maior, recomenda-se a utilização da gasolina comum. 

Você pode optar ainda pelo revezamento do tipo de gasolina, garantindo assim a limpeza da câmara de combustível e a melhor eficiência para seu veículo.

Cuidado com o uso da gasolina aditivada

Quando for optar pela gasolina aditivada é preciso que isso seja feito de forma gradativa. Pois quando o seu veículo está acostumado apenas com a gasolina comum, a mudança de combustível pode fazer com que haja uma limpeza excessiva no motor, retirando assim partículas relevantes para o funcionamento do sistema de combustível.

Logo, no início recomenda-se que o abastecimento seja realizado com uma mistura entre os dois tipos de gasolina.

– Leia também: Álcool ou gasolina: qual é a melhor escolha para seu carro?

Gostou do artigo? A Delta Fiat é uma concessionária Fiat em Juiz de Fora com mais de 25 anos de experiência. Confira outros assuntos no nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.