Alto consumo de combustível: possíveis causas e o que fazer

Você sofre com o alto consumo de combustível do seu veículo? Existem várias razões que podem levar ao excesso deste consumo e, na maioria das vezes, elas podem ser solucionadas com manutenções adequadas e pequenos ajustes.

Pensando nisso, preparamos este artigo para listar as principais causas de um consumo alto de combustível e soluções do que pode ser feito para cada uma delas. Continue lendo e se informe!

Possíveis causas para o alto consumo de combustível

1. Pneus

Os pneus desempenham um papel importante na eficiência do consumo de combustível. Itens como velocidade, peso, calibragem, desenho da banda de rodagem, estrutura e conservação influenciam diretamente a resistência ao rolamento, podendo ser responsáveis por até 20% do consumo de combustível.

O que fazer

  • Calibragem: Mantenha os pneus sempre calibrados conforme as recomendações do fabricante. Pneus descalibrados aumentam a resistência ao rolamento, forçando o motor a trabalhar mais, logo, geralmente alto consumo de combustível;
  • Alinhamento: Verifique regularmente o alinhamento das rodas. Pneus desalinhados podem causar desgaste irregular e aumentar a resistência;
  • Troca de pneus: Use pneus com baixa resistência ao rolamento para melhorar a eficiência de combustível.

– Leia também: Quando trocar os pneus do carro? Saiba qual o momento ideal

2. Lubrificante

O lubrificante do motor é essencial para reduzir o atrito entre as peças móveis. Um lubrificante com baixa viscosidade pode gerar maior economia de combustível, reduzir os efeitos nocivos ao meio ambiente, além de ajudar no aumento da durabilidade do motor.

O que fazer

  • Escolha do lubrificante: Utilize sempre o tipo de lubrificante recomendado pelo fabricante do veículo;
  • Trocas regulares: Realize as trocas de óleo nos intervalos recomendados. Óleo velho ou de baixa qualidade pode aumentar o atrito e reduzir a eficiência do motor.

3. Velas de Ignição

As velas de ignição são responsáveis por gerar a faísca que inflama a mistura de ar/combustível na câmara de combustão. Velas desgastadas ou com defeitos podem causar uma queima irregular, aumentando o consumo de combustível.

Soluções

  • Substituição regular: Troque as velas de ignição conforme o cronograma de manutenção do seu veículo. Normalmente, as velas precisam ser substituídas a cada 30.000 a 50.000 quilômetros, mas verifique o manual do proprietário para detalhes específicos;
  • Inspeção: Faça inspeções regulares das velas de ignição para identificar possíveis problemas antes que afetem o consumo de combustível.

4. Carga Excessiva

O excesso de peso no veículo pode aumentar significativamente o consumo de combustível. Cada 50 quilos acima do recomendado pelo fabricante pode aumentar o consumo em cerca de 1%.

O que fazer

  • Evite excesso de carga: Remova itens desnecessários do veículo e evite levar cargas pesadas sem necessidade;
  • Distribuição de peso: Certifique-se de que a carga esteja distribuída uniformemente para evitar esforço adicional no motor.

5. Velocidade

A velocidade de condução tem um impacto direto no consumo de combustível. Você sabia que dirigir acima de 100 km/h pode aumentar o consumo em até 20%?

Soluções

  • Conduza dentro dos limites de velocidade: Mantenha-se dentro dos limites de velocidade estabelecidos e dirija de maneira constante, evitando acelerações e frenagens bruscas;
  • Janelas fechadas: Em velocidades superiores a 80 km/h, mantenha as janelas fechadas para melhorar a aerodinâmica do veículo.

– Leia também: Multa por excesso de velocidade: qual o valor a ser pago?

6. Sonda Lambda

A sonda lambda, ou sensor de oxigênio, monitora a mistura ar/combustível no escapamento. Se este sensor estiver com problemas, pode enviar informações incorretas ao sistema de injeção, resultando em uma mistura rica e maior consumo de combustível.

O que fazer

  • Manutenção regular: Verifique e substitua a sonda lambda conforme necessário, geralmente a cada 100.000 quilômetros;
  • Diagnóstico eletrônico: Utilize ferramentas de diagnóstico eletrônico para verificar o funcionamento da sonda lambda.

7. Filtro de Ar

O filtro de ar impede que impurezas entrem na câmara de combustão. Um filtro sujo pode restringir o fluxo de ar, o que leva a um alto consumo de combustível.

O que fazer

  • Substituição regular: Troque o filtro de ar conforme recomendado pelo fabricante, normalmente a cada 15.000 a 30.000 quilômetros;
  • Inspeção: Inspecione o filtro de ar regularmente e substitua-o se estiver visivelmente sujo.

– Leia também: 10 dicas para economizar combustível

8. Bobina de Ignição

A bobina de ignição gera a corrente elétrica necessária para a combustão. Problemas na bobina podem causar falhas na ignição, resultando em perda de potência, além do aumento no consumo de combustível.

O que fazer

  • Verificação regular: Inspecione a bobina de ignição periodicamente e substitua-a se apresentar falhas;
  • Diagnóstico de falhas: Utilize ferramentas de diagnóstico para identificar problemas na bobina de ignição.

Importância da manutenção preventiva

Manter seu carro em dia com as manutenções preventivas é essencial para garantir a eficiência do combustível. A manutenção automotiva regular pode identificar e corrigir problemas antes que eles causem um aumento no consumo de combustível.

– Leia também: Manutenção Fiat: entenda como funciona e conheça os pacotes da Delta Fiat

Agende sua revisão na Delta Fiat

Se você está preocupado com o consumo de combustível do seu veículo, venha fazer uma revisão na concessionária Delta Fiat. Nossa equipe está pronta para identificar e resolver qualquer problema, garantindo que seu carro esteja sempre em ótimo estado e economizando combustível ao máximo.

Clique na imagem abaixo para agendar sua manutenção e cuide do seu veículo com quem entende do assunto!

Banner para agendar revisão na Delta Fiat

– Leia também: Encher o tanque de combustível ajuda a economizar? Tire sua dúvida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *